Oficiais do Ministério Pùblico gaúcho ganham salário de Cabo da Polícia Militar

Ministério Público/RS confirma que extinguirá o cargo de Oficial no Plano de Cargos, Carreiras e Salários dos servidores do MP/RS

Nesta última terça-feira, 15/10/2019, foi realizada mais uma reunião entre a Administração do Ministério Público do RS e as entidades associativas dos Servidores, para tratar do possível PCCS - Plano de Cargos, Carreiras e Salários dos servidores do MP/RS, da qual participou a ANACOMP/ASSEDI. Mais uma vez, a Administração do Ministério Público gaúcho confirmou que vai extinguir o cargo de Oficial do Ministério, mantendo-se irredutível a qualquer negociação para alterar essa posição, mesmo com as várias tentativas propostas pela ANACOMP. A Administração manifestou o motivo da extinção: “faremos uma análise de realmente quantos Técnicos do Ministério Público são necessários fazendo diligências em seu local de trabalho. E exemplificou: Se hoje numa determinada promotoria tem 5 Oficiais fazendo diligências e recebendo a Gratificação específica, no momento do novo cargo a administração analisará a situação, e concluindo que naquela promotoria, 2 Técnicos fariam o trabalho, apenas esses dois técnicos receberiam a Gratificação por atividades externas.” Colega Oficial do Ministério Público: O momento é grave para a categoria. Reiteramos que as duas entidades, constitucionalmente especificas defensoras dos direitos dos Oficiais do Ministério Público, são favoráveis ao possível Plano de Cargos, Carreiras e Salários para o Quadro de Pessoal de Provimento Efetivo dos Serviços...

Leia mais